Estenose cervical: o que é e como afeta a fertilidade?


A estenose cervical significa que a abertura do colo do útero é mais estreita do que o normal.

Como isso afeta a fertilidade?

A estenose cervical (ou estenose cervical) pode afetar a fertilidade natural, impedindo a passagem do sêmen para o útero.

A boa notícia é que esse problema éaltamente tratável. O médico pode dilatar o colo do útero com um anestésico local ou até mesmo, em alguns casos, remover parte do tecido cervical para alargar o canal cervical.

Causas de estenose do colo do útero.

Às vezes você pode nascer com um canal cervical estreito, mas o mais normal é que isso ocorra como resultado de:

  • Conização cervical. É um procedimento usado para remover uma parte do colo do útero quando é diagnosticada a existência de células pré-cancerosas.
  • Infecções vaginais repetidas.
  • Crioterapia.
  • Cerclagem cervical. Um procedimento em que o colo do útero é fechado com suturas para reduzir o risco de parto prematuro.
  • Trauma de um procedimento cirúrgico, como uma biópsia.

Sintomas de estenose cervical.

  • Períodos dolorosos (dismenorreia)
  • Fluxo menstrual leve.
  • Longa duração do fluxo menstrual
  • Ausência de fluxo menstrual (amenorréia). Embora esse sintoma seja raro, quando o colo do útero está completamente bloqueado, nenhum fluxo menstrual é observado.

Continuar lendo:

  • Alergia ao esperma: uma causa da infertilidade
  • Posso engravidar depois de uma ligadura?

Vídeo: Estenose de Canal - Sintomas Estenose Lombar e Estenose Cervical


Artigo Anterior

Port Aventura para crianças

Próximo Artigo

Os 10 melhores bares e pubs de Amsterdã