Saída do Google da China


Google pára de censurar resultados de pesquisa na China

O Google parou de censurar seus resultados de pesquisa na China, ignorando os avisos das autoridades do país. A empresa norte-americana disse ontem que seus usuários chineses serão redirecionados para páginas sem censura de seu site de Hong Kong.

Oficiais do governo chinês advertiram repetidamente o Google que, se não cumprisse as regras de censura do país, enfrentaria as consequências.

O consultor jurídico chefe do Google, David Drummond, observou que fornecer “pesquisas sem censura” no Google.com.hk é “uma solução razoável para as dificuldades que tivemos de enfrentar; é totalmente legal e aumentará significativamente o acesso das pessoas à informação na China. "

Ele também comentou em declarações à BBC que pode haver alguma lentidão no serviço e atrasos na obtenção de resultados de busca, enquanto os recursos para gerenciar consultas redirecionadas são fortalecidos. Em seu blog, ele afirmou que o Google tinha "grandes esperanças de que o governo chinês respeitará nossa decisão, embora estejamos cientes de que a qualquer momento ele poderá bloquear o acesso aos nossos serviços". De acordo com Drummond, o Google monitorará cuidadosamente o acesso e fornecerá atualizações regulares por meio de uma página dedicada a mostrar o que estava disponível por meio de seus serviços na China continental.



Vídeo: 30 Days Timelapse at Sea. 4K. Through Thunderstorms, Torrential Rain u0026 Busy Traffic


Artigo Anterior

Air Berlin: cartão de embarque eletrônico em seu smartwatch

Próximo Artigo

Curso de Graduação em Nanotecnologia na Índia e EUA