Impacto da crise no setor aéreo


De acordo com a IATA (International Air Transport Association), o setor de aviação civil parece ter enfrentado o pior da crise econômica.

O Diretor Geral Giovanni Bisignani destacou que a tendência de queda de dois dígitos no número de passageiros acabou e declarou que "o pior já passou".

Embora o tráfego global de passageiros aéreos tenha caído 3,1% em abril, o número da marca representa uma melhoria considerável em relação aos dois meses anteriores.
Desde o verão passado, o setor foi atingido por várias mudanças repentinas, incluindo especialmente o rápido aumento dos preços dos combustíveis, uma recessão internacional e a ameaça da gripe suína.

E embora os últimos dados indiquem que ainda não foi divulgado totalmente, Bisignani se sente confiante o suficiente para dizer que "o pior já passou".
“No entanto, ainda não vimos sinais de que a recuperação seja iminente”, alertou.

Quanto às regiões com melhor desempenho, a IATA observou que as companhias aéreas que operam no mercado transatlântico conseguiram atrair passageiros com ofertas de preços de voos.

Fonte: Notícias de voos baratos


Vídeo: Latam demite pilotos e comissários; corte equivale a 38% do total de tripulantes


Artigo Anterior

Air Berlin: cartão de embarque eletrônico em seu smartwatch

Próximo Artigo

Curso de Graduação em Nanotecnologia na Índia e EUA