Diagnosticar depressão com exames de sangue


Um exame de sangue para diagnosticar depressão

Os médicos podem em breve ter uma maneira mais objetiva de diagnosticar e tratar a depressão: um exame de sangue que dá uma pontuação de um a nove. De acordo com esse sistema, uma pontuação mais alta equivale a uma maior probabilidade de o paciente sofrer de um transtorno depressivo grave.

Desenvolvido pela Ridge Diagnostics, com sede em San Diego, o teste mede as alterações em 10 biomarcadores no sangue e usa os resultados para alimentar um algoritmo que avalia quatro sistemas corporais diferentes para calcular a pontuação final.

Embora as ressonâncias magnéticas e os exames de sangue avançados possam revelar muitas doenças em seus estágios iniciais, o diagnóstico de distúrbios neuropsiquiátricos normalmente requer um especialista para avaliar quantos sintomas subjetivos um paciente apresenta. Como resultado, muitos pacientes não recebem o diagnóstico adequado ou nunca são diagnosticados.

Os médicos procuram um teste biológico objetivo para a depressão desde o início da psiquiatria clínica, há 50 ou 60 anos. Os cientistas tentaram uma variedade de métodos, incluindo testes genéticos, testes que medem as respostas ao estresse hormonal ou ressonância magnética do cérebro. .

A análise de Ridge abrange vários marcadores. Os cientistas da empresa examinaram mais de 100 marcadores para selecionar uma combinação de 10 para sua análise de depressão. Esses marcadores estão relacionados aos sistemas que a depressão influencia, especialmente o metabolismo, o sistema imunológico, o sistema nervoso e os hormônios produzidos pelo hipotálamo, hipófise e glândulas adrenais.

O CEO da Ridge, Lonna Williams, afirma que a empresa validou o painel de biomarcadores e seu algoritmo por meio de oito estudos realizados em várias centenas de pacientes e amostras de controle. Até o momento, eles mostraram que os resultados dos exames de sangue coincidem, em quase 90% dos casos, com os diagnósticos feitos usando os critérios do DSM-IV e a Escala de Avaliação de Depressão de Hamilton.

Fonte: Technology Review



Vídeo: Gastrite nervosa. Drauzio Comenta #24


Artigo Anterior

Segóvia: percursos e enigmas da cidade

Próximo Artigo

Voos baratos Barcelona