O Google expande seus serviços de nuvem para empresas


Em seu congresso Google Next 2020, realizado em San Francisco no início de março, o CEO do Google Eric Smidth revelou que a empresa investiu US $ 30 bilhões em aprimore sua presença na indústria de serviços de nuvem empresarial.

Os serviços concorrentes, Microsoft Azure e Amazon Web Services (AWS), estão em constante crescimento e o Google não quer ficar para trás na corrida para dominar esse negócio lucrativo.

Estes são alguns dos melhorias que eles já incorporaram ou irão em breve e com o qual o Google pretende se destacar da concorrência.

1. Servidores com o processador Intel mais recente: Skylake

O Google afirma que seu serviço de nuvem é o único até o momento que atualizou seus processadores de servidor para incorporar o modelo mais recente de processadores Intel, conhecido como Skylake.

Esses processadores proporcionam uma importante melhoria no desempenho dos servidores, o que obviamente se reflete na fluidez dos serviços oferecidos.

2. Google Cloud Functions lançado como uma versão beta pública

Embora ainda em fase de testes, o Google finalmente abriu seu tecnologia de aplicativo sem servidor, com o qual espera competir com AWS Lambda, da Amazon, e Azure Functions, da Microsoft.

O serviço Google Cloud Functions consiste em incorporar uma série de funções predefinidas na nuvem que os desenvolvedores podem chamar de seus respectivos aplicativos quando precisarem.

3. Google Cloud Dataprep para facilitar a importação de dados para a nuvem

O Google Cloud Dataprep tornará muito mais fácil para as empresas importar dados para a nuvem detectar automaticamente esquemas, tipos e distribuições de dados e ponto a erros encontrado.

Além disso, o serviço usa algoritmos de aprendizado de máquina para sugerir possíveis correções para erros detectados.

O Google espera poder oferecer suporte a isso com o Serviço de Migração de Dados da Amazon Web Services.

4. Redesenhe o Hangouts para o G Suite

O Google reformulou o Hangouts para se adequar ao ambiente de negócios. Basicamente, o aplicativo será dividido em dois outros: Hangouts Meet e Hangouts Chat, que funcionará apenas com as contas profissionais do G Suite, seu pacote de programas para empresas na nuvem, que também oferece Gmail, Documentos, Drive e Agenda.

As empresas poderão usar o novo Hangouts para se comunicar com seus clientes ou seus próprios funcionários remotos por meio de chat, chamadas de voz ou vídeo de alta definição, mas com algumas melhorias em relação à versão anterior.

Entre outras coisas, Hangout Meet expandir para 30 o número de usuários que podem ser conectados ao mesmo tempo em uma videoconferência e exibirá automaticamente a pessoa que está falando na tela o tempo todo.

Quanto ao Hangouts Chat, permitirá criar canais de conversa diferentes no estilo do Slack.

Os usuários também podem compartilhar tela para mostrar slides, documentos ou imagens. Além disso, funcionará totalmente integrado com os outros aplicativos da suíte.

Hangouts Meet já está disponível, tanto na versão web quanto mobile, mas é necessário ter uma conta profissional do G Suite para usá-lo.

Em quanto a Hangouts Chat, será implementado progressivamente nas contas empresariais do G Suite. As empresas que desejam estar entre as primeiras a experimentá-lo podem se cadastrar neste link.

5. Próximo lançamento do Jamboard

O Jamboard é outro complemento do G Suite, mas, neste caso, é uma peça de hardware: a Quadro branco digital com tela de toque de 55 polegadas, especialmente projetado para facilitar a colaboração em tempo real em reuniões, seja em um escritório ou por videoconferência.

Ele lançamento do produto, anunciado em outubro de 2020, está previsto para 2020 e, segundo alguns rumores, pode vir antes do verão. Os interessados ​​já podem se inscrever para serem avisados ​​assim que estiverem à venda.

6. Descontos automáticos para usuários recorrentes

O Google aplicará um desconto aos usuários que continuarem usando o Google Cloud. No entanto, a grande novidade em relação aos serviços da concorrência é que o desconto, que pode chegar a 20%, será feito de forma totalmente automática, sem a necessidade de solicitação do usuário.

Fonte: InformationWeek

Continuar lendo:

  • Cloud Spanner, o banco de dados relacional distribuído do Google acessível a todos
  • O Google abre sua API Cloud Vision para desenvolvedores
  • A nova plataforma de aprendizado de máquina do Google para desenvolvedores
  • Clould Print do Google

Salve 

Salve 


Vídeo: Você sabe o que é e como funciona um data center?


Artigo Anterior

Significado do nome Assunção

Próximo Artigo

Significado de sonhar em defecar