Seguro Complementar


Seguro contra todos os riscos

Defesa em multas, retirada de carnê, empréstimo de conserto, substituição de veículo e danos graves.

Defesa em multas

O seguro oferece o serviço de tramitar a burocracia, para realizar os trâmites administrativos necessários para recorrer das multas de trânsito das sanções impostas ao seu veículo em circulação.

O segurado perante a multa de trânsito pode decidir pagá-la ou apelar. Se decidir recorrer da decisão e tiver dentro do seguro a Defesa em Multas, será a seguradora que redigirá o escrito de apelação.

Algumas apólices têm limitações com determinadas multas, como o não recurso a multas de estacionamento ou que não ultrapassem os 90 euros. Isso acontece porque eles estão separados das multas mais comuns (leia as letras pequenas). É importante deixar claro que a seguradora somente fará a carta de recurso quantas vezes forem necessárias, mas caso seja definitivamente revogada, não será responsável pelo valor da multa a ser paga. A multa será paga pelo segurado.Esta cobertura é ideal para pessoas que costumam cometer infrações, como deixar o carro estacionado indevidamente ou fazer meia-volta quando não é permitido ou seguir em uma estrada que indica direção proibida, etc.

Retirada da carteira de habilitação

Diante da retirada da carteira de habilitação, a seguradora pagará uma indenização com uma quantia em dinheiro a fim de cobrir as despesas de viagem (táxi, trem, etc.) do segurado. A retirada da licença deve ter sido efectuada por meio de resolução administrativa ou por sentença judicial, por culpa, imprudência ou negligência em resposta a violação das regras de condução.

A única condição para que este seguro o cubra é que a retirada do cartão tenha sido efetuada durante a vigência da apólice. A indenização tem valor máximo e prazo máximo, por exemplo, um mês e há casos em que as seguradoras compensam por um ano. A compensação depende do prémio anual e é geralmente entre 480 euros e 1200 euros. Esta cobertura não terá efeito nos casos em que a retirada da carteira foi devido à condução em estado de embriaguez ou sob a influência de drogas ou entorpecentes, se houver imprudência grave, etc.

Quem escolhe sua contratação? A sua contratação só se justifica caso o segurado utilize o veículo para trabalhar, é imprescindível, sem ele não pode realizar o seu trabalho e não tem outra alternativa.

Com as novas disposições, que entrarão em vigor a partir de Julho de 2006, surge a possibilidade de suspensão temporária da carta de condução em resposta ao novo regulamento. O Seguro de Retirada de Cartão assume uma nova importância. Essa cobertura é utilizada por motoristas profissionais, como caminhoneiros, que em caso de retirada de habilitação recebem indenização mensal pelo período de um ano.

Empréstimo de Reparo

O seguro empresta dinheiro ao segurado para consertar o carro após um sinistro. Para ter acesso ao empréstimo, é condição que as reparações surjam por acidente (não cobre se for avaria) e no caso de não ser culpa de terceiro (nesse caso pagaria o seguro do outro) e que nenhum dos seguros incluísse sua apólice cobre o sinistro. O empréstimo pode ser realizado através da mesma empresa ou com intervenção de um banco. A diferença é que o banco vai exigir muitas condições, por outro lado com o seguro elas não serão necessárias. A modalidade é em parcelas mensais e os prazos de reembolso geralmente são de um ano. Os valores máximos e mínimos vão depender do tipo de apólice contratada, você deve ler as condições gerais de sua apólice.

Veículo de sustentação

Muito conveniente quando deixamos o carro na oficina, esta cobertura oferece a troca do carro ou uma indenização em dinheiro, para custear as viagens do segurado durante a realização dos reparos. Não basta ter essa cobertura contratada, mas o carro também deve ter sido consertado devido a um acidente.

Deve ter sido um acidente sem culpa de terceiros. Ou seja: no caso de o seu carro ter sido roubado quando estava danificado e pendente de ir à oficina para ser reparado, ou quando foi encontrado na sequência de um acidente e que o automóvel segurado era culpado do acidente a necessitar de reparação

O veículo de substituição ser-lhe-á entregue por um prazo máximo, se a reparação exceder esse tempo, o segurado terá de pagar o aluguer do carro de substituição de bolso. Quanto à indenização em dinheiro, também tem um valor limitado com valor fixo por dia e por no máximo 8 dias. Você deve verificar nas condições gerais da sua apólice qual é a sua cobertura.

Importante: Saiba que esta cobertura começa quando o seguro tem uma encomenda de reparação e para isso o seguro e a oficina têm de acordar no orçamento de custos da reparação do automóvel. Isso pode levar vários dias, você pode ficar sem carro ou sem indenização por alguns dias.

Grande Dano

O seguro pagará uma indenização em caso de sinistro onde o carro foi tão danificado que é considerado grande dano, sem culpa de terceiros e que os danos não possam ser cobertos pelas demais coberturas. Esta cobertura cobre apenas esses três casos. São considerados grandes danos quando a reparação do automóvel ultrapassa o valor do capital segurado em percentagem. E também será determinado pela idade do carro, um carro de dois anos não é a mesma coisa que um de 6 anos. A indenização é paga como no caso de sinistro total, levando em consideração o novo valor, valor de mercado, etc.


Vários seguros incluídos no seguro automóvel:

  • Responsabilidade Civil Obrigatória
  • Responsabilidade Civil Voluntária
  • Assistência em Viagem
  • Defesa legal
  • Seguro do motorista
  • Roubou
  • Fogo
  • Luas
  • Danos Próprios
  • Defesa em multas
  • Retirada da carteira de habilitação
  • Empréstimo de conserto
  • Veículo de sustentação
  • Grande dano

Vídeo: Too Seguros - Saiba como contratar a cobertura adicional


Artigo Anterior

Significado do nome de Ulises

Próximo Artigo

O videogame mais lucrativo