Voos da Ryanair sem crianças


Ryanair apresenta voos "sem crianças"

A Ryanair anunciou que vai introduzir voos "sem crianças" a partir de outubro (como parte de seu programa de inverno), depois que uma pesquisa com 1.000 passageiros realizada na Europa mostrou que metade deles teria pago tarifas mais altas para evitar crianças. filhos de outros. De acordo com a pesquisa, um terço dos passageiros (36%) viram alguns de seus voos "arruinados" por crianças barulhentas de outras pessoas e uma em cada cinco pessoas (18%) pediu à Ryanair para restringir o número de crianças em voos.

Embora a pesquisa tenha mostrado que os passageiros preferem evitar os filhos de outras pessoas, a maioria concordou em 'culpar' os pais firmemente, sendo as principais queixas:

1. 50%: pais que esperam "tratamento especial" para ter filhos.
2. 25%: pais que permitem que seus filhos incomodem os passageiros nos bancos traseiros.
3. 15%: pais que atrasam o embarque e esperam que os outros os ajudem a se instalar.
4. 10%: pais que permitem que seus filhos corram pelos corredores ou chutem as cadeiras.


Vídeo: Centenas de voos da Ryanair cancelados na Alemanha


Artigo Anterior

Horóscopo Peixes de abril de 2020

Próximo Artigo

Como ajudar um viciado